Teste de Alergia Alimentar Tardia

Teste simples , rápido e altamente especifico para identificar 59 alimentos que aumentam a produção de anticorpos IgG , os quais podem estar na origem de mais de 150 sintomas descritos na literatura médica associados a intolerância a alimentos.

O alimento é provavelmente a maior carga antigênica à qual um indivíduo está exposto ao longo da vida. Na prática clínica observa-se grande número de indivíduos que apresentam melhora em sintomas crônicos após a eliminação de alimentos específicos da dieta habitual.

As hipersensibilidades alimentares incluem qualquer reação anormal resultante da ingestão de um alimento. As alergias alimentares ocorrem de duas formas diferentes: reações fixas, imediatas e anafiláticas ou reações cíclicas, tardias e crônicas. As alergias alimentares tardias ocorrem com significativa freqüência, mas seguem insuspeitas devido à natureza tardia de sua manifestação clínica, não sendo corretamente diagnosticada e tratada. As hipersensibilidades alimentares aparecem em indivíduos geneticamente predispostos quando a tolerância oral cede ou falha em seu desenvolvimento normal.

Teste de Alergia Alimentar

Diversas patologias de diferentes sistemas estão associadas com as hipersensibilidades alimentares: doença do refluxo esofágico em lactentes após a introdução do leite de vaca; Constipação intestinal crônica; Síndrome de enterocolite induzida por proteína alimentar; Síndrome do Intestino Irritável; urticária aguda; angioedema; dermatite herpetiforme; tosse; rouquidão; secreção na garganta; congestão nasal; asma; cefaléia sinusal; distúrbios de ansiedade e síndrome do pânico. Esclerose múltipla, diabetes mellitus tipo 1 (auto-imune), artrite reumatóide e lúpus eritematoso sistêmico são doenças com envolvimento de auto-imunidade e parecem estar associados à reação contra antígenos alimentares.

O diagnóstico da alergia alimentar fundamenta-se em três pontos: Suspeita diagnóstica de acordo com as manifestações clínicas; realização da dieta de eliminação dos alimentos suspeitos com desaparecimento das manifestações clínicas; e o mais específico, teste de desencadeamento positivo. A partir do momento que se identifica os limentos relacionados ao aumento dos anticorpos IgGs o tratamento deve ser iniciado atraves da prescrição de uma dieta de eliminação. Veja a imagem abaixo:

Alergias Alimentares

Lista de Alimentos investigados:

  • Leite e Ovos: Leite de Vaca , Ovo.
  • Peixes, Crustáceos e Frutos do Mar: Bacalhau, Caranguejo, Hadoque, Lagosta, Mexilhão, Linguado, Salmão, Camarão, Truta, Atum.
  • Frutas: Maçã, Groselha Preta, Azeitonas, Limão, Melão, Laranja, Grapefruit, Morango, Toranja, Tomate, Melancia.
  • Grãos: Cevada, Trigo, Milho, Trigo duro, Glúten, Aveia, Arroz, Centeio.
    Ervas e Especiarias: Gengibre
  • Carnes: Carne de Boi, Vaca, Frango, Cordeiro, Porco, Peru.
    Nozes e Castanhas: Amêndoas, Castanha do Pará, Castanha de Caju, Amendoim, Noz.
  • Vegetais: Brocoli, Couve, Repolho, Cenoura, Alho, Alho Poró Batatas , Aipo, Lentilha, Ervilha, Feijão, Pimentões, Soja, Cacau, Café, Noz de Cola, Mel, Cogumelos,Gergelim, Girassol, Levedura (pão) , Levedura ( Cerveja).